Venda de fecularia é aprovada em audiência pública

A administração de Pato Bragado obteve na noite de ontem (20), em audiência pública realizada no centro cultural Arte e Encanto, a aprovação das pessoas presentes, objetivando a venda da área e instalações públicas de 99.760 m² que abrigaram a antiga fecularia. O próximo passo será a elaboração de projeto para apreciação dos vereadores, que se aprovado, será transformado em edital de licitação.
As explicações acerca da intenção de venda foram conduzidas pelo prefeito Leomar Rohden (Mano) e o secretário de Administração, Ageu Juarez Fidler. As autoridades apontaram a necessidade de venda, uma vez que há vários anos o local está abandonado e exposto à depredação. As informações foram acrescidas de fotos tiradas por uma empresa contratada e também por comissão de colaboradores públicos e indicados pela Câmara de Vereadores, Acibra e Codebra. “Nossa intenção é providenciar a venda o mais rápido possível para que volte a gerar emprego e renda”, afirmaram as autoridades.
Conforme o prefeito, na proposta de venda estão uma área de terra com 99.760 mil m², sendo 5.325,72 m² com pedras irregulares, instalações administrativas de 150 m², três barracões industriais que totalizam 4.607,82 m², duas residências de 99,78 m² cada, plataforma da balança rodoviária com 54 m², casa para o motorista de 40 m², moega de 227,50 m², tombador com 120 m², muro de contenção, e bases para reservatório e silo. Os bens da venda, segundo o gestor, foram avaliados no valor de R$ 3.434,700 milhões.