Pato Bragado promove campanha para destinação correta das lâmpadas

A Secretaria de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente e a Secretaria de Obras, Viação e Urbanismo de Pato Bragado aderiram a iniciativa da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest) e Instituto Água e Terra (IAT) e estão promovendo, desde terça-feira (22), a campanha de recolha de lâmpadas pós-consumo.

A ação visa proporcionar um destino correto às lâmpadas que não possuem mais serventia, evitando assim, a contaminação do meio ambiente pela liberação de substâncias nocivas.

Objetos comuns no cotidiano das pessoas, quando uma das lâmpadas queima ou quebra é fundamental que seja descartada corretamente.

A secretária de Agricultura, Jaqueline Vanelli, explica que um dos maiores problemas oriundos do descarte incorreto se dá devido ao mercúrio, componente químico presente nas lâmpadas fluorescentes. Segundo ela, o mercúrio é toxico e ao ser descartado no lixo comum, pode contaminar o solo, lençóis freáticos, rios, plantações, animais, e também os seres humanos. “O mercúrio pode causar danos teciduais no organismo humano e os órgãos mais atingidos são o cérebro, os rins e os pulmões. O meio mais comum de intoxicação por mercúrio se dá pela ingestão de peixes ou frutos do mar infectados”, adverte Jaqueline.

 

PONTOS DE COLETA

As lâmpadas podem ser depositadas até o dia 04 de abril em tonéis colocados na Pato Forte, eletro Valdir, JR Materiais de Construção e Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente.

 

DESTINO

Encerrada a campanha, às lâmpadas serão destinadas à Secretaria de Obras para serem recolhidas por uma empresa responsável que implementará o planejamento de recolhimento desses passivos, conforme estabelecido no Termo de Compromisso, previamente firmado com o Governo do Estado.