Famílias cadastradas nos programas sociais passam a ter aulas de inclusão digital em Pato Bragado

O vice-prefeito de Pato Bragado, John Nodari e a secretaria de Assistência Social, Arlete Gross Schneider promoveram na noite desta terça-feira (08), no Centro de Convivência da Criança e do Adolescente (CCCA), a abertura da oficina de inclusão digital.

A oportunidade de aperfeiçoamento é gratuita e destinada às famílias cadastradas nos programas sociais e demais interessados. São duas turmas, a nível básico e outra de nível intermediário, com 10 alunos cada.

Para ofertar a oficina de inclusão digital, o governo municipal investiu em 10 novos computadores modernos que estão sendo utilizados pela comunidade no período noturno e também pelos alunos da oficina do CCCA.

Conforme a secretária Arlete, as aulas são administradas pela professora Rozilda Rodrigues, compreendendo 16 horas semanais aos alunos do CCCA e 4 horas semanais à noite, sendo duas para cada turma.  Ela conta que novas vagas serão abertas após o período de três meses de duração dos cursos às famílias do Cras.